Mitos e verdades da exposição ao sol

December 14, 2018

 

A exposição ao sol, embora traga benefícios, como auxiliar na absorção da vitamina E fixar o cálcio no organismo, também tem sérias implicações para a saúde quando em exagero.

 

No Brasil, o câncer mais frequente é o de pele. De acordo com dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva), o câncer de pele corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país.

 

Do envelhecimento precoce ao câncer de pele, o sol pode sair rapidamente da posição de aliado para a de vilão, especialmente nestas épocas em que o buraco na camada de ozônio potencializa a ação dos raios solares.

 

Confira abaixo os principais mitos e verdades sobre a exposição ao sol e aproveite o verão!

 

Não preciso passar filtro solar em dias sem sol

 

MITO: Em dias nublados, pode chegar na superfície da Terra até 80% da radiação solar. Só a sensação de calor que fica melhor. Inclusive, as piores queimaduras solares acontecem, na sua maioria, em dias nublados e sem sol aparente.

 

Posso passar o protetor solar e, logo em seguida, dar um mergulho

MITO. É muito importante seguir as instruções da embalagem e aplicar o produto de 15 a 30 minutos antes de se expor ao sol ou de entrar na água. Dar um mergulho logo depois de passar o produto pode fazer com que ele perca o efeito.

É necessário reaplicar o protetor solar após mergulhar ou transpirar muito

VERDADE. Um produto eficaz para proteção de queimaduras deve ter FPS 30, no mínimo, e ser reaplicado a cada 2 horas, ou após cada mergulho ou transpiração excessiva.

 

O protetor solar só deve ser usado em dias de sol, na praia ou na piscina

MITO. O hábito de se proteger contra o sol deve ser como o de escovar os dentes, frequente e contínuo. Os raios solares continuam agindo mesmo em dias de mormaço ou chuvosos. Além disso, luzes artificiais como a do computador também danificam a pele.

 

Quem quer "pegar uma cor” deve usar bronzeador após o protetor solar

MITO. Os bronzeadores têm como função acelerar o processo de bronzeamento apenas com a ajuda da penetração dos raios solares na pele. E como os raios UVA e UVB são altamente cancerígenos, nenhum tipo de bronzeador é recomendado.

 

 

Fontes: INCA, Associação Brasileira de Dermatologia e Oncoguia

Please reload

Destaques

A importância de manter a vacinação e a Carteira de Vacinação em dia!

18/07/2019

1/10
Please reload

+ Recentes

Please reload

Arquivo

Please reload

Mídias Sociais

  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Social Icon

Busca