Saúde ocular: saiba como a cirurgia a laser pode resolver seu problema

July 19, 2017

Quando você dorme de óculos, ou esquece que está usando lente e entra no chuveiro e começa a ver tudo embaçado; não sabe onde guardou os óculos e não consegue enxergar direito para procurá-los.

 

Situações como essas são bem próximas do cotidiano de quem sofre com os problemas de visão mais comuns: hipermetropia (dificuldade para enxergar de perto), miopia (dificuldade para enxergar de longe) e astigmatismo (distorção das imagens).

 

Cada vez mais comuns, as cirurgias de correção a laser acabam com os inconvenientes. Mas, antes de se decidir, é preciso entender as diferenças entre os métodos e ter certeza de que um deles realmente vai funcionar no seu caso. 

 

A cirurgia corretiva, também chamada de cirurgia refrativa a laser, pode resolver problemas como miopia, astigmatismo e hipermetropia. Para a análise dos candidatos à cirurgia a laser, é necessário um exame oftalmológico completo, o qual deverá ser realizado por um especialista em cirurgia a laser.

 

Quem pode fazer este tipo de cirurgia?

 

Especialistas recomendam que, para um resultado satisfatório, é necessário que o paciente tenha idade superior a 18 anos; não sofra nenhuma outra doença ocular e outras doenças sistêmicas; e que não esteja grávida, no caso de pacientes do sexo feminino.

 

A cirurgia a laser não dói. Ela é realizada sob anestesia tópica (colírio) e leva em média 15 minutos por olho. Não é necessária internação antes ou após a cirurgia e os pacientes são liberados imediatamente após o procedimento.

 

Na maioria dos casos, é possível retornar ao trabalho entre 1 e 3 dias após a cirurgia. Também é possível voltar às atividades esportivas após 1 semana.

 

As chances de sucesso são altíssimas e a maioria dos pacientes têm suas expectativas atendidas, ficando livres de óculos. Quando a cirurgia é bem-indicada, de acordo com o caso do paciente, e realizada com equipamentos de última geração e por profissionais preparados para o procedimento, as chances de complicações são mínimas.

 

Somente um médico em um consultório oftalmológico pode avaliar as causas e intensidades das doenças.  É muito importante que pessoas com problemas de visão, que já utilizam óculos ou lentes, façam um acompanhamento médico pelo menos uma vez por ano.

 

Em caso de dúvidas, agende agora uma consulta e informe-se com um oftalmologista da Rede TEM pela Central de Atendimento 0800 836 88 36.

 

 

 

Please reload

Destaques

A importância de manter a vacinação e a Carteira de Vacinação em dia!

18/07/2019

1/10
Please reload

+ Recentes

Please reload

Arquivo

Please reload