Papo Calcinha: como usar roupa íntima (adequadamente)?

March 7, 2017

 

Nós da TEM acreditamos na luta por condições de trabalho mais justas e nos direitos das mulheres, bem como no empoderamento feminino. E, neste mês especial, preparamos conteúdos com temas do universo feminino.

 

O primeiro tema da série é um papo sobre a calcinha nossa de todo dia! Confira 9 dicas abaixo:

 

1 – Escolha a calcinha certa

Especialistas aconselham escolher peças confortáveis e que deixem a pele respirar. Pode ser de algodão, porém existem tecidos sintéticos atualmente no mercado que não impedem a transpiração e são mais fáceis de higienizar.

 

 2 – Se lavar no chuveiro, não deixe secar lá!

O velho truque de lavar a calcinha no chuveiro deixando-a pendurada no box — ambiente úmido, demorando mais para secar — pode levar à proliferação de micro-organismos patogênicos.

 

3 – Cuidado com produtos de limpeza 

Deve-se também evitar o uso de amaciantes e água sanitária, que podem provocar alergias ou irritações vulvares. Em alguns casos, o uso de sabão em pó pode desencadear essas reações, sendo melhor o uso de sabão líquido ou neutro, como sabão de coco.

 

4 – Evite roupas justas

A roupa folgada desencoraja o crescimento de leveduras e outros agentes fúngicos, e usar roupas íntimas de algodão ajuda a área vaginal a respirar e permanecer livre de umidade.

 

5 – Ventilação = saúde

Lembre-se!! Quanto mais ventilada a região íntima, menor a chance de fungos e bactérias atacarem. Dormir sem calcinha é um truque, inclusive recomendado por especialistas, para que a vagina fique pelo menos por algumas horas sem ser abafada.

 

6 – Limpeza em excesso também faz mal 

A higiene íntima merece atenção especial, inclusive para que não sejam cometidos excessos na limpeza. O uso de duchas vaginais e de sabonetes bactericidas altera a barreira de proteção da região e podem causar infecções por fungos.

 

Limite ao máximo o número de produtos de higiene íntima que se usa, já que irritam a vagina e facilitam a infecções. Alguns vilões comuns são: sprays desodorantes, papel higiênico perfumado e protetores diários.

 

7 – Cuidado com a humidade

Um ambiente úmido favorece o crescimento de leveduras e outros fungos, por isso as mulheres também devem secar bem a área genital após o banho ou a natação.

 

8 - Na menstruação, atenção redobrada!

 

Durante a menstruação, a atenção à higiene deve ser redobrada, já que a presença de sangue altera o pH vaginal. Além disso, o sangue por si só é um "meio de cultura". Os absorventes internos ou externos devem ser trocados de acordo com a necessidade, porém o intervalo entre as trocas não deve exceder 4 horas.

 

9 – O ginecologista é seu principal aliado

 

Tão importante quanto usar a calcinha certa e cuidar da higiene da área íntima é ir regularmente ao Ginecologista. Fazer os exames preventivos que foram prescritos também é fundamental para prevenir uma série de doenças femininas, como câncer do cólon do útero, câncer de mama e outros.

 

Esperamos que tenha gostado das nossas dicas! Lembre-se que para agendar consultas com um Ginecologista ou fazer seus exames preventivos, ligue na Central de Atendimento da Rede TEM 0800 836 88 36.

 

 Fontes: Conselho de Ginecologia, Wikipedia

Please reload

Destaques

A importância de manter a vacinação e a Carteira de Vacinação em dia!

18/07/2019

1/10
Please reload

+ Recentes

Please reload

Arquivo

Please reload