4 dúvidas comuns sobre o Câncer de Próstata

November 17, 2016

Você sabia que o câncer de próstata é o tipo de câncer que mais mata os homens, logo após o câncer de pele?

 

No entanto, segundo pesquisas, novas abordagens quanto ao diagnóstico e tratamento possibilitaram que a taxa de mortalidade pela doença tenha caído em nível mundial.  

 

Segundo os dados da pesquisa, concluímos que é muito mais provável morrer de uma doença concomitante, como uma doença cardiovascular que do câncer de próstata, nesse sentido a detecção precoce tem um papel importante nessa incidência.

 

Além disso, especialistas advertem que hábitos de vida saudáveis como prática regular de atividades físicas e boa alimentação, são peças chave para a saúde do homem.

 

É bom lembrar que homens sem histórico de câncer de próstata na família devem iniciar os exames de rastreamento a partir dos 50 anos. Aos pacientes com histórico familiar positivo ou com descendência africana, é recomendado iniciar aos 45 anos, pois possuem risco maior.

 

Conversamos com alguns especialistas em Urologia da Rede TEM e perguntamos quais são as dúvidas mais comuns dos pacientes. Veja abaixo algumas das principais dúvidas dos pacientes quando chegam em um consultório:

 

1. Meu pai teve câncer de próstata, isso significa que eu também terei a doença?

 

Os principais fatores para o desenvolvimento do câncer de próstata são o envelhecimento e a hereditariedade. Por isto, alguns médicos afirmam que, se um homem tem um parente de primeiro grau (pai ou irmão) com câncer de próstata, suas chances de ter a doença duplicam.

 

No entanto, nem todo mundo que tem um histórico familiar terá a doença. Mesmo assim, se existe um histórico de câncer de próstata em sua família, converse com seu médico sobre a periodicidade dos exames de PSA.

 

2. O câncer de próstata afeta a vida sexual do homem?

 

Sim, isto acontece porque algumas modalidades de tratamento podem alterar a vida sexual, ou seja, provocar disfunção erétil ou disfunção do desejo sexual.

 

A capacidade de recuperar o controle da função erétil também depende da idade do paciente e se já apresentava problemas de ereção antes da cirurgia. 

 

3. O câncer de próstata afeta apenas homens idosos?

 

Médicos afirmam que a incidência do câncer de próstata é maior após os 50 anos e raro antes dos 40 anos. Além disso, aproximadamente 62% dos casos de câncer de próstata diagnosticados no mundo acometem homens com 65 anos ou mais. Mesmo assim, prevenir é sempre o melhor remédio. Converse com seu urologista sobre a periodicidade recomendada para seus exames preventivos.

 

4. Quais os exames disponíveis que irão diagnosticar se tenho câncer ou não?

 

Na maioria dos casos de suspeita de câncer de próstata, o médico realizará o exame físico, incluindo o exame de toque retal. O exame de toque retal se realiza para poder saber a consistência da próstata, o tamanho e se existem lesões palpáveis através do reto na glândula. O exame de toque também é utilizado junto com o PSA (antígeno prostático específico) na suspeita de o câncer de próstata.

 

Para agendar consultas com urologista, proctologista, oncologista ou marcar seus exames preventivos, ligue na Central de Atendimento da Rede TEM 0800 836 88 36.

 

 

Please reload

Destaques

A importância de manter a vacinação e a Carteira de Vacinação em dia!

18/07/2019

1/10
Please reload

+ Recentes

Please reload

Arquivo

Please reload

Mídias Sociais

  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Social Icon

Busca