Prevenção masculina. Por quê?

November 4, 2016

Estamos em um mês importantíssimo para a saúde masculina.

 

O novembro azul procura conscientizar o homem na prevenção e descoberta precoce do câncer de próstata.

 

Infelizmente o segundo tipo de câncer que mais mata homens no país.

 

Diagnosticar a doença em fase inicial possibilita que o tratamento tenha êxito, por isso é tão importante saber com antecedência como se prevenir.

 

A próstata

 

A próstata é uma glândula do tamanho de uma noz que só os homens têm. Fica logo abaixo da bexiga e na frente do reto e a uretra, o canal que transporta urina passa através dela.

 

Especialistas acreditam que o câncer de próstata começa com pequenas mudanças no tamanho e forma das células das glândulas da próstata.

 

Fatores de risco

  • Ter a partir 50 anos de idade e ter histórico familiar. Homens com histórico devem fazer exames a partir dos 45 anos. Essas são causas não evitáveis.

  • Não procurar um médico para realizar exames de rotina. Consumir alimentação rica em gorduras, disfunção hormonal, ambiente poluído e uso de fertilizantes estão sob suspeita. Esses são fatores evitáveis.

 

Sinais ou sintomas

 

 O câncer de próstata geralmente não causa sintomas quando está no início. Em estágio avançado pode apresentar:

 

  • Micção frequente.

  • Fluxo urinário fraco ou interrompido.

  • Impotência.

  • Vontade de urinar frequentemente à noite.

  • Sangue no líquido seminal.

  • Dor ou ardor durante a micção.

  • Fraqueza ou dormência nas pernas ou pés.

  • Perda do controle da bexiga ou intestino devido à pressão do tumor sobre a medula espinhal. 

  • Dor nas costas, quadris, coxas, ombros ou outros ossos.

 

Exames

 

Para detectar precocemente a doença é indicado que todos os homens com mais de 50 anos de idade façam pelo menos 1 vez ao ano os exames de:

 

  • Toque retal: é um exame rápido, causa um leve desconforto e eficiente. Em menos de 1 minuto o médico palpa a próstata, através do reto do paciente em pé ou deitado, e pode dizer se a mesma tem alguma alteração de tamanho, se está dura ou se tem nódulos.

  • Sangue de PSA: também é rápido, eficiente e não requer nenhuma preparação especial. Avalia-se o hormônio PSA, que tem como resultados normais valores menores do que 4 ng/ml. Assim, quando esse valor está aumentado, pode indicar problemas como inflamação ou câncer.

 

A próstata pode ser mais investigada a pedido médico: ultrassonografia, biópsia guiada por ultrassonografia e exames de urina. 

 

Tratamento

 

Na maioria dos casos, há maiores chances de cura quando a doença é diagnosticada ainda no início por um médico especializado. Geralmente o tratamento pode incluir:

  • Cirurgia: é feita a remoção da próstata e em alguns casos das ínguas da virilha.

  • Radioterapia: geralmente ela é usada quando o tumor ainda não atingiu outros órgãos ou atingiu apenas os órgãos mais próximos.

  • Quimioterapia: o tratamento é feito com remédios na veia ou através de comprimidos.

Prevenção e dicas

 

Pequenas mudanças na dieta e no estilo de vida podem fazer a diferença!

  • Exames e consultas médicas preventivas ou a cada ano.

  • Alimentação balanceada. Siga a regra de ¾  vegetais e ¼  proteínas.

  • Faça ao menos 30 minutos de exercícios por dia.

  • Deixe de Fumar.

  • Limite o consumo de álcool.

Vale a pena habituar-se à prevenção para viver mais e com qualidade!

 

Para agendar consultas com urologista, proctologista, oncologista ou marcar seus exames preventivos, ligue na Central de Atendimento da Rede TEM 0800 836 88 36.

 

Fontes: IBC, INCA e Fundação A.C.Camargo.

Please reload

Destaques

A importância de manter a vacinação e a Carteira de Vacinação em dia!

18/07/2019

1/10
Please reload

+ Recentes

Please reload

Arquivo

Please reload