Planeje a lancheira do seu filho

August 2, 2016

Criança adora um doce. Um salgadinho industrializado também. Mas não dá para deixar seu filho comer gorduras saturadas ou trans, sódio e açúcar em excesso. Ainda mais todos os dias na lancheira.

 

Por outro lado, sabemos da correria do dia a dia de cada família, da falta de criatividade que se esgota para criar cardápios e da queixa frequente das crianças que se cansam logo dos lanches.

 

Para evitar a tentação de dar logo o dinheiro para seu filho comprar lanches e salgados na cantina e lançar novos hábitos alimentares, propomos essas dicas:

  • Sente-se uma tarde com seu filho sem pressa.

  • Como se estivesse brincando comece a escrever em uma lousa ou papel tudo que seu filho gosta de comer: pães, bolos, sucos, frutas, legumes e carnes. A participação dele é essencial nesse processo.

  • O importante é combinar três grupos alimentares ao preparar o lanche: construtores (proteínas como queijos, iogurtes, leite e carnes, caso do atum e o frango, por exemplo), reguladores (frutas, legumes e verduras) e energéticos (carboidratos, como pães, biscoitos e bolos).

  • Lembre seu filho que nessa nova experiência os industrializados, os embutidos e enlatados no geral ficam de fora. E que ele pode fugir do comum, pensar em frutas diferentes de maça e banana, sucos naturais, diversos patês, pães, bolos e belisquetes: mix de oleaginosas, como castanhas do Pará, nozes, amêndoas, macadâmias, avelãs, pistache (você pode variar as opções diariamente).

  • Tranquilize-se. Você vai encontrar receitas e alternativas incríveis e naturais dos alimentos e preparos.

  • Feito isso é hora de se divertir e pensar nos cardápio.

Inspire-se! 

Abaixo algumas opções para inspirar você e seu filho:

 

1ª opção


1 porção de fruta
+ 1 sanduíche integral recheado com patê de ricota e atum (o patê também pode ser de ervas finas ou tomate seco. Se preferir recheie com muçarela de búfala e manjericão) 
+ 1 água de coco (pode ser de caixinha, mas leia o rótulo e procure por versões sem conservantes ou aromatizantes artificiais)

 

2ª opção


1 potinho (pequeno) com salada de frutas preparada com três frutas diferentes (se quiser, acrescente amêndoas em lascas) 
+ 1 pedaço de bolo caseiro (de cenoura, coco, laranja, cacau ou maçã) 
+ 1 iogurte

 

3ª opção


1 porção de salada de frutas com uma colher (sobremesa) de nozes moída
+ 1 unidade de pão de queijo
+ 1 água de coco (pode ser de caixinha, mas leia o rótulo e procure por versões sem conservantes ou aromatizantes artificiais)

 

4ª opção


1 porção de fruta picada com raspas de chocolate meio amargo (equivalente a 1 colher de sobremesa) 
+ 1 potinho de milho cozido
+ 1 unidade de suco da maçã (se for de caixinha, procure versões integrais, sem conservantes ou aromatizantes artificiais)

 

5ª opção


1 iogurte com 1 colher (sobremesa) de granola sem adição de açúcar (você pode mandar a granola num saquinho ou pote à parte) 
+ 1 porção de fruta
+ 3 cenourinhas baby

 

Saiba que você e seu filho começam uma empreitada. Nesta nova fase o incentivo e a responsabilidade para que ele experimente novos alimentos, sabores e adquira hábitos saudáveis para a vida toda, é seu e de sua família.

 

Não adianta os pais acharem que as crianças vão gostar de comer lanches saudáveis na escola se eles se alimentam mal em casa. Os adultos devem dar o exemplo.

 

Agende agora uma consulta com uma nutricionista especialista da Rede TEM pela Central de Atendimento 0800 836 88 36.

 

Fontes: Revistas Escola e Crescer.

Please reload

Destaques

A importância de manter a vacinação e a Carteira de Vacinação em dia!

18/07/2019

1/10
Please reload

+ Recentes

Please reload

Arquivo

Please reload