Dia Nacional de Prevenção a Surdez

November 10, 2015

 

No Brasil, a perda auditiva é uma das deficiências mais comuns. Estima-se que o número de brasileiros que possuem algum tipo de deficiência auditiva chegue a 10 milhões, de acordo com o IBGE, e a cada mil recém-nascidos, três já nascem com perda auditiva.

 

A surdez pode estar relacionada a diversos fatores: genéticos, ambientais ou decorrentes do envelhecimento. Nas crianças, as doenças infectocontagiosas, a exemplo da meningite e da rubéola, são potenciais desencadeadores da perda auditiva.

 

Neste caso, a criança com dificuldade auditiva pode perder estímulos importantes para o seu desenvolvimento, que envolvem o aprendizado, a comunicação e a socialização.

 

Listamos alguns cuidados para cuidar bem da nossa audição, para que ela permaneça intacta ao longo da vida, nos dando acesso natural a todo que a vida nos oferece.

 

- Evite ambientes com ruído excessivo, especialmente por tempo prolongado.

 

- Utilize sempre os acessórios de proteção auditiva que o seu trabalho oferecer para você. A lei exige equipamentos de proteção, porque sabe dos riscos que o ruído oferece à audição das pessoas.

 

- Evite ouvir música em volume muito alto, especialmente com fones de ouvido, que prejudica a sua audição a médio prazo.

 

- Em casos de infecção de ouvido, procure um médico especializado e faça o tratamento indicado com seriedade.

 

 

- Se você perceber qualquer alteração na sua audição – por exemplo, notar que está precisando aumentar o volume mais do que o normal – procure um médico especial.

 

E, lembre-se, ouvir é um privilégio.  O maior beneficiário desses cuidados é você mesmo, portanto, mãos e ouvidos à obra!

Please reload

Destaques

A importância de manter a vacinação e a Carteira de Vacinação em dia!

18/07/2019

1/10
Please reload

+ Recentes

Please reload

Arquivo

Please reload

Mídias Sociais

  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Social Icon

Busca