Obesidade na Terceira Idade

August 31, 2015

 

Segundo os resultados de uma recente pesquisa sobre obesidade no Brasil, seis em cada dez brasileiros na fase da maturidade (entre 55 e 64 anos) estão acima do peso, quase o dobro do registrado entre os jovens (de 18 a 24 anos).

 

A obesidade triplica entre os adultos maduros. Se na juventude há pouco mais de 8 obesos em cada 100 pessoas, na maturidade, a proporção é de 23 a cada 100.

 

Os dados são de pesquisa feita pelo Ministério da Saúde, USP e UFMG em 2014, em todas as

 

capitais do país ("Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas", ou Vigitel).

 

Foi considerado acima do peso quem tem IMC (índice de massa corporal) entre 25 e 30. O índice é calculado dividindo-se o peso da pessoa por sua altura elevada ao quadrado. Já a obesidade é caracterizada quando o IMC é superior a 30.

 

Segundo Glaucia Figueiredo Justo, nutricionista da Policlínica Granato (Unidade Tijuca), no Rio de Janeiro, são muitos os fatores que levam o excesso de peso na maturidade, entre eles, “a queda da taxa de metabolismo, o que significa que o corpo gasta menos energia e pode ir acumulando na forma de tecido adiposo. Além disso, há a redução de hormônios importantes para o gasto energético”, explica a nutricionista.

 

 

A dieta ideal

 

 

Sobre hábitos alimentares, quase a metade dos que têm mais de 65 anos afirma que come frutas e hortaliças cinco ou mais vezes por semana, taxa duas vezes maior que a dos mais jovens. Já o consumo de carnes gordurosas cai pela metade quando se comparam as duas faixas etárias.

 

O metabolismo também é influenciado pela atividade física, seja em atividade de lazer, como jogar bola, surfar e caminhar ou em atividades programadas como a prática de esporte, ambas mais comuns entre jovens.

 

 

 Fonte: Folha de São Paulo

 

“Quanto maior a atividade, maior o metabolismo e menor o acúmulo de tecido adiposo. Pessoas de 55 e 64 anos reduzem muito sua atividade física e até a atividade laboral (trabalho), algumas já estão aposentadas reduzindo ainda mais o gasto energético permanecendo mais tempo em casa consumindo mais alimentos ou "beliscos"”, explica Glaucia.

 

Para finalizar, a nutricionista ressalta a importância de manter um estilo de vida saudável durante toda a vida, manter-se ativo e consumir alimentos saudáveis. “Entre pessoas de 55 e 64 anos a atividade física é extremamente importante, uma vez que auxilia no gasto energético aumentando o metabolismo”.

 

Serviço: A Policlínica Granato faz parte da Rede Credenciada TEM e fica localizada no Bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro. Caso tenha interesse em saber mais sobre o tratamento, entre em contato com a nossa Central de Atendimento 0800 836 88 36 e agende uma consulta.

 

Please reload

Destaques

A importância de manter a vacinação e a Carteira de Vacinação em dia!

18/07/2019

1/10
Please reload

+ Recentes

Please reload

Arquivo

Please reload