O que faz um cardiologista?

August 14, 2015

 

Seja na Cardiologia Preventiva, que também funciona para aqueles que iniciarão a prática de atividades físicas ou na Cardiologia Curativa que, em casos de doenças ou sintomas diferentes, orienta o tratamento mais adequado ao paciente: medicamentos, cateterismos terapêuticos e também os procedimentos cirúrgicos tradicionais, estes especialistas colaboram e muito para a evolução e qualidade de vida de muitas pessoas.

 

 

 

Fatores de risco

 

Incluir hábitos saudáveis na rotina, como a prática de exercícios físicos, uma boa alimentação livre do excesso de sal e de gorduras, reduzir o peso e abandonar o cigarro fazem toda a diferença para uma melhora no tratamento de quem já possui algum problema e também para aqueles que desejam evitá-los.

 

As doenças e fatores que citaremos, estão entre as principais causas de mortalidade no Brasil e no mundo. 

 

Repasse essas informações para seus amigos, família, colegas de trabalho e comunidade. Assim você estará fazendo um bem imenso.

 

  • Alimentação com excesso de gorduras e pobre em fibras, legumes, verduras e frutas

  • Obesidade

  • Sedentarismo

  • Tabagismo

  • Diabetes

  • Colesterol

  • Doença Vascular

  • Drogas e Alcoolismo

  • Febre Reumática

  • Hipertensão

  • Insuficiência Cardíaca

 

Curiosidades

 

Hoje mais sete mil pessoas morrem a cada ano em decorrência de doenças desencadeadas pela poluição, na Região Metropolitana, enquanto a cidade de São Paulo, sozinha, perde quatro mil vidas.

 

A exposição ao ar de São Paulo ao longo do dia (nas ruas) aumenta a pressão diastólica em 15 mm de mercúrio. Não é muito problema para quem tem 12 x 8, mas o risco dos hipertensos aumenta muito.

 

Quanto mais atividade física, melhor alimentado você tem que estar. Se você está começando o dia, você tem que estar bem alimentado. Logo, o café da manhã é sim a refeição mais importante! Escolha opções leves e nutritivas e já comece bem o dia.

 

Há tempos, o chocolate saiu da lista dos vilões da alimentação e entrou para a dos ingredientes que fazem bem à saúde. Com propriedades antioxidantes amplamente estudadas, a versão amarga, que contém mais de 70% de cacau, ajuda a proteger o coração.

 

Agora, um estudo brasileiro constatou o potencial dessa guloseima de beneficiar pacientes que já sofreram de síndrome coronariana aguda (SCA), um conjunto de doenças que incluem o infarto.

 

Uma pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde neste ano indica uma linha crescente do número de brasileiras com sobrepeso. Mais da metade de população está nesta categoria (52,5%) e destes, 17,9% são obesos, fatia que se manteve estável nos últimos anos.

 

 

Fique ligado no Blog TEM para saber de mais novidades de saúde e bem-estar!

 

 

Fontes: Ministério da Saúde e Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Please reload

Destaques

A importância de manter a vacinação e a Carteira de Vacinação em dia!

18/07/2019

1/10
Please reload

+ Recentes

Please reload

Arquivo

Please reload

Mídias Sociais

  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Social Icon

Busca