Alimentos orgânicos: tendência ou moda?

June 19, 2015

 

O produto orgânico é cultivado sem o uso de adubos químicos ou agrotóxicos. É um produto limpo, saudável, que provém de cultivo que observa as leis da natureza e todo o manejo agrícola está baseado no respeito ao meio ambiente e na preservação dos recursos naturais.

 

Produtos como ervas, frutas, verduras, legumes, feijão, manteiga e mel cultivados e produzidos organicamente ainda são pouco acessíveis à população, devido aos preços mais altos cobrados no varejo se comparados com os de outros alimentos.

 

Essa imagem de alimento elitista não combina com a forma de produção, que busca valorizar o pequeno produtor, valorizar uma relação de trabalho mais justa, valorizar organizações de trabalho mais democráticas e a relação com o meio ambiente menos nociva.

 

Com o objetivo de tornar esses alimentos mais conhecidos e acessíveis aos consumidores o Ministério da Agricultura e algumas organizações privadas fornecem informações e ofertam os orgânicos, além de divulgar como são produzidos e os benefícios desses alimentos cultivados de maneira diferenciada. Basta procurar.

 

Por que consumir Produtos Orgânicos?

 

- Evita problemas de saúde causado pela ingestão de substâncias químicas tóxicas. 

- Alimentos orgânicos são mais nutritivos. 

- Alimentos orgânicos são mais saborosos. 

- Protege futuras gerações de contaminação química. 

- Evita a erosão do solo. 

- Protege a qualidade da água. 

- Restaura a biodiversidade, protegendo a vida animal e vegetal. 

- Ajuda os pequenos agricultores. 

 - Economiza energia. 

- O produto orgânico é certificado. 

 

Tendência Global

 

Segundo a mídia, a comercialização de produtos orgânicos no mundo cresceu 157% nos últimos 10 anos, superando os US$ 70 bilhões. Os dados são do último relatório sobre tendências na agricultura global. A busca por mais qualidade de vida faz com que os consumidores busquem cada vez mais alimentos produzidos sem uso de agrotóxico e respeitando os organismos. Os Estados Unidos lideram este mercado, seguidos por Alemanha, França e China.

 

No Brasil, décimo do mundo com mais solo dedicado a esse tipo de agricultura (705 mil hectares), a saúde foi parar nos pratos brasileiros. Com o aumento dos adeptos da alimentação saudável, cresce também a exigência por mais categorias de produtos orgânicos.

 

Fontes: Winikipédia, Research Institute of Organic Agriculture (FiBL), International Federation of Organic Agriculture Movements (Ifoam)Revista Exame, sites Terra e Agropalma.

Please reload

Destaques

A importância de manter a vacinação e a Carteira de Vacinação em dia!

18/07/2019

1/10
Please reload

+ Recentes

Please reload

Arquivo

Please reload

Mídias Sociais

  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Social Icon

Busca